PSD pede demissão da direcção da Antena 1 depois de anúncio contra manifestações

Em declarações aos jornalistas no Parlamento, o deputado social-democrata Luís Campos Ferreira defendeu a demissão da direcção da rádio pública. "A tutela da Antena 1, rádio paga pelos contribuintes (...) deve tomar uma atitude digna, e só há uma: demitir os responsáveis que puseram o anúncio", disse Campos Ferreira. Para o PSD, o anúncio "divide os portugueses, coloca-os uns contra os outros". O "spot" publicitário mereceu igualmente críticas da restante oposição.

O “spot” também vai motivar uma queixa da CGTP ao Conselho de Opinião da RTP, como avançou hoje o PÚBLICO. O PCP admite, ainda, chamar ao Parlamento a administração da RTP se não for retirado um anúncio de 30 segundos à rádio pública, a Antena 1, que descreve como uma “ofensa” a “um direito fundamental” - o direito à manifestação.

Em declarações aos jornalistas no Parlamento, o deputado António Filipe qualificou de “impróprio” este anúncio anti-manifestações da RTP e “um aviltamento a um direito fundamental – o direito à manifestação”. Os comunistas esperam agora que a RTP retire o anúncio. Caso contrário, admite chamar ao Parlamento a administração da televisão pública para dar explicações aos deputados.

¡Atenção! Este sitio usa cookies e tecnologías similares.

Se não alterar as configurações do seu Browser, está a concordar com o seu uso. Learn more

I understand

Lei n.º 46/2012

(...)

Artº 5

1 - "O armazenamento de informações e a possibi-lidade de acesso à informação armazenada no equipamento terminal de um assinante ou utilizador apenas são permitidos se estes tiverem dado o seu consentimento prévio, com base em informações claras e completas nos termos da Lei de Proteção de Dados Pessoais, nomeadamente quanto aos objetivos do processamento.

2 — O disposto no presente artigo e no artigo anterior não impede o armazenamento técnico ou o acesso:
a) Que tenha como única finalidade transmitir uma comunicação através de uma rede de comunicações eletrónicas;
b) Estritamente necessário ao fornecedor para fornecer um serviço da sociedade de informação solicitado expressamente pelo assinante ou utilizador.

(...)