Mercês Borges: é um imperativo combater os falsos recibos verdes

Na bancada do PSD, Mercês Borges sublinhou que este é um tema pertinente pois todos temos a noção que o abuso é existente e imoral. Na opinião da social-democrata, é um imperativo ético combater esta situação pois além de constituir um enorme prejuízo, trata-se de uma fuga aos impostos e de uma concorrência desleal. Apesar desta ser uma matéria que merece um ataque sério, Mercês Borges acusou o Governo de não mostrar nenhuma preocupação nem actuação.

Contudo, e centrando-se na proposta apresentada, Mercês Borges afirmou que não seria viável a conversão de todos os contratos de prestação de serviços em contractos efectivos. Esta conversão causaria, na opinião da parlamentar, um aumento ainda maior do desemprego com as empresas a não contratarem mais os serviços destas pessoas. A deputada frisou que ao querermos fazer o bem podemos estar a prejudicar as pessoas.

Mercês Borges referiu-se ainda ao drama do desemprego que se sente em Portugal e declarou que os desempregados, em especial os jovens e os desempregados de longa duração, podem contar com o PSD para a apresentação de políticas que evitem e combatam esta situação.
 
Fonte: Newsletter do GP PSD 

¡Atenção! Este sitio usa cookies e tecnologías similares.

Se não alterar as configurações do seu Browser, está a concordar com o seu uso. Learn more

I understand

Lei n.º 46/2012

(...)

Artº 5

1 - "O armazenamento de informações e a possibi-lidade de acesso à informação armazenada no equipamento terminal de um assinante ou utilizador apenas são permitidos se estes tiverem dado o seu consentimento prévio, com base em informações claras e completas nos termos da Lei de Proteção de Dados Pessoais, nomeadamente quanto aos objetivos do processamento.

2 — O disposto no presente artigo e no artigo anterior não impede o armazenamento técnico ou o acesso:
a) Que tenha como única finalidade transmitir uma comunicação através de uma rede de comunicações eletrónicas;
b) Estritamente necessário ao fornecedor para fornecer um serviço da sociedade de informação solicitado expressamente pelo assinante ou utilizador.

(...)