Presidente da República recebe os TSD

«Os problemas de natureza social estão a agravar-se e não são apenas problemas de natureza orçamental, não são apenas problemas de natureza política, são problemas sociais que devem estar também no centro das preocupações dos agentes políticos», afirmou o líder dos TSD em declarações à Lusa no final de uma audiência com o Presidente da República, no Palácio de Belém.

Arménio Santos acusou o executivo socialista de não ter um rumo para combater os problemas.

«Não há esse rumo político, não há essa estratégia, não há esse apontar de caminho e isso é também um factor que nos preocupa bastante», realçou, considerando que, apesar do enquadramento externo e da situação económica ser grave, se existisse um rumo as pessoas estariam disponíveis 
para «enfrentar os sacrifícios e dar o seu melhor».

Pelo contrário, continuou o líder dos TSD, o conjunto de políticas que tem sido anunciado pelo Governo vai agravar o fenómeno do desemprego e levar à falência «muitas centenas e milhares de pequenas e médias empresas e vai contribuir para agravar os problemas de natureza social em Portugal».

«É necessário uma nova moral social para que estas situações, esta bolsa de conflitos, de injustiças que se vão acumular possam ser atenuadas com políticas que de algum modo possam socorrer esse crescente número de pessoas que vão ficar no desemprego», defendeu. 

¡Atenção! Este sitio usa cookies e tecnologías similares.

Se não alterar as configurações do seu Browser, está a concordar com o seu uso. Learn more

I understand

Lei n.º 46/2012

(...)

Artº 5

1 - "O armazenamento de informações e a possibi-lidade de acesso à informação armazenada no equipamento terminal de um assinante ou utilizador apenas são permitidos se estes tiverem dado o seu consentimento prévio, com base em informações claras e completas nos termos da Lei de Proteção de Dados Pessoais, nomeadamente quanto aos objetivos do processamento.

2 — O disposto no presente artigo e no artigo anterior não impede o armazenamento técnico ou o acesso:
a) Que tenha como única finalidade transmitir uma comunicação através de uma rede de comunicações eletrónicas;
b) Estritamente necessário ao fornecedor para fornecer um serviço da sociedade de informação solicitado expressamente pelo assinante ou utilizador.

(...)